Ok, todo mundo já sabia que ia acontecer, mas agora é oficial: a DC Comics anunciou o lançamento da série Before Watchmen, que vai contar histórias passadas num período antes dos acontecimento vistos na série original.

Serão sete minis, detalhadas a seguir:

  • RORSCHACH (4 edições) – Brian Azzarello (roteiro) e  Lee Bermejo (arte)
  • MINUTEMEN (6 edições) – Darwyn Cooke
  • COMEDIANTE (6 edições) – Brian Azzarello, com arte de J.G. Jones
  • DR. MANHATTAN (4 edições) –  J. Michael Straczynski (roteiro) e Adam Hughes (arte)
  • NITE OWL (4 edições) –  J. Michael Straczynski, com arte de Joe Kubert e seu filho Andy
  • OZYMANDIAS (6 edições) – Len Wein (roteiro), com arte de Jae Lee
  • SILK SPECTRE (4 edições) – Darwyn Cooke (roteiro) e Amanda Conner (arte)

As edições serão semanais. Cada uma delas também trará uma hq de duas páginas com a história Curse of The Crimson Corsair, que dará continuidade à narrativa paralela da hq de piratas de Watchmen[bb]. No final será lançada uma edição especial, Before Watchmen: Epilogue, que trará a colaboração de vários artistas.

Claro que Alan Moore renegou. O bruxo de Northampton disse ao Comic Book Resources que o projeto é “completamente vergonhoso” – e ainda fez questão de citar que a série é um lembrete dos “contratos draconianos” que ele assinou com a DC nos anos 1980; já Dave Gibbons, como sempre, foi mais diplomático e desejou que essa empreitada tenha o sucesso que a DC deseja.

Desde o início dos boatos sobre a produção desses prequels a reação dos fãs não tem sido boa. Mesmo quando algumas excelentes ilustrações dos personagens “vazaram” os ataques à DC não diminuiram. Acredito que a maioria acha que a DC está cometendo uma heresia ao cutucar uma obra como Watchmen, apesar do time de artistas envolvidos ser excelente (hã, só tenho medo do Straczynski nesse negócio aí).

Eu tenho cá minhas ressalvas mas ao mesmo tempo estou curioso prá ver o que vai sair disso. Imagina se dessas sete mini-séries sai alguma coisa boa? Tudo é possível, né? Afinal, a DC não vai fazer nada que altere a história original – no fim, serão histórias passadas antes e que não terão interferência na trama original. Aliás, prá fazer uma merda com todo esse universo de possibilidades e personagens que Alan Moore e Dave Gibbons deixaram o cabra tem que ser muito ruim mesmo.

Bem, no final é isso: a DC vai lançar as séries a partir de julho. Se der dinheiro (alguém aí duvida que não?) claro que a editora vai publicar novas histórias, talvez até uma série regular – e soltar um sonoro “Tô cagando e andando pros fãs xiitas e pro Alan Moore”.

Veja aqui o anúncio oficial da DC Comics sobre as séries.

Fontes: Comic Book Resources e Bleeding Cool

 

Sphere: Related Content